FANDOM


Não se Enrugue Couro Velho Que Te Quero Pra Tambor
Chapolin7422 480
Episódio de Chapolin
Título Original No te arrugues cuero viejo que te quiero pa' tambor
Elenco Roberto Bolaños
Florinda Meza
Ramón Valdez
Carlos Villagrán
Edgar Vivar
Horácio Bolaños
Versão 1
Exibição 3 de agosto de 1974
Anterior Não Confunda, A Casa Está Caindo de Velha, com A Velha Está Caindo da Casa
Próximo O Anel da Bruxa
Dublagens MAGA: 1 Dublagem (1990)
Obs.: O papagaio é dublado por Gessy Fonseca
Regravado em 1979
Não se Enrugue Couro Velho Que Te Quero Pra Tambor (no original, No te arrugues cuero viejo que te quiero pa' tambor) é o vigésimo quarto episódio de Chapolin da temporada do ano de 1974.

Sinopse

Em uma cabana, um papagaio chamado Luís Manoel atrapalha a concentração de um homem (Ramón Valdez) na leitura de um jornal. Sem paciência, o incomodado leva a gaiola da ave até o banheiro da cabana, justamente no momento em que uma mulher (Florinda Meza) bate à porta da cabana solicitando-lhe ajuda em virtude de ter acabado a gasolina do seu carro.

Enquanto o prestativo homem vai à cozinha da cabana para buscar um café, a mulher liga o rádio da sala da cabana e ouve a notícia de que um bandido escapou da cadeia e havia sido visto pela região. Um guarda-florestal (Edgar Vivar) aparece na janela por fora enquanto a mulher está de costas para a janela, e então a recém-chegada invoca o Chapolin Colorado, que através das suas anteninhas de vinil havia já ficado sabendo sobre a fuga do bandido. Ao que o homem volta da cozinha trazendo à mulher o café, Chapolin o faz desmaiar com uma marretada na cabeça por tê-lo confundido com o bandido. Após o homem reaver a consciência, ele revela ao Chapolin e à mulher não ser o dono da cabana e que havia entrado na cabana mais ou menos uma meia hora antes ao encontrar a porta da cabana aberta, embora negue ser o bandido. A mulher conta então ao Chapolin sobre o vulto - do guarda-florestal - que havia momentos antes aparecido na janela, e Chapolin sai da cabana para verificar se o vulto por acaso não continuava por perto.

Do lado de fora da cabana, Chapolin inicialmente assusta-se com o latido de um cachorro chamado Sansão dentro da sua casinha e então conversa com um lenhador (Carlos Villagrán) que revela ser o proprietário do imóvel. Logo depois, Chapolin e o guarda-florestal, rouco e um pouco tonto após ter desmaiado devido a uma pancada que havia levado na cabeça por trás - desferida possivelmente pelo bandido -, lutam entre si até ele revelar ao Chapolin ser o guarda-florestal. Os três dentro da cabana são interrogados pelo Chapolin junto com a mulher a respeito de um artefato que poderia indicar a presença do bandido ali: um cachimbo com as iniciais HHH. O trio nega conhecê-lo, e resolve dormir na cabana.

Chapolin confia então à mulher um plano: diminuir de tamanho com as Pastilhas Encolhedoras e se esconder na sala da cabana para testemunhar quem apanhará o cachimbo antes de dormir. Quando o homem vem do andar de cima para beber um pouco, Chapolin já reduzido de tamanho assusta-o fazendo-o pensar devido ao seu tamanho momentâneo que era um duende. O homem sai correndo assustado da cabana, no momento em que a mulher volta de fora. Ao que Chapolin tenta contar a ela sobre o que ele pensava ter descoberto sobre o bandido, uma notícia de última hora pelo rádio informa que o bandido havia escapado graças a um disfarce de mulher: peruca loira, casaco de couro preto e calças marrom-café - a própria descrição daquela mesma mulher. Chapolin entende tudo, e o bandido (Horácio Bolaños) remove de vez o disfarce.

Trivia

  • O papagaio Luís Manoel pronuncia as seguintes frases e variações das mesmas:
    • "Não se enrugue, couro velho, que te quero pra tambor"
    • "Que menina faceira, me dá até tremedeira"
    • "Quer namorar comigo"?
    • "Mas é claro!"
    • "Mentira!"
    • "Ai, que rico!"
    • "Louro"
    • "Ai, que bruto!"
    • "As duas coisas"
    • "Uma droga!"
    • "Ladrão!"
    • "O biscoito é meu!"
    • "Fominha!"
    • "Ai, que bolo fofo!".
    • "As duas coisas'!"
  • As iniciais gravadas no cachimbo - tidas na própria dublagem do episódio como "H.H.H." - na verdade são "G.G.G." de "Geraldo Garcia González", o nome completo do bandido (Horácio Bolaños) revelado pelo locutor do rádio.


Chapolin - Temporada de 1974
A invasão dos marcianos · O Caso dos Homens Idênticos · A Bela Adormecida Era um Senhor Muito Feio - Partes 1 e 2 · Os Búfalos, os Caçadores e Outros Animais · Chapolin Vemos, Cérebros não Sabemos· O Extrato de Energia Volátil· A Revólver Dado, Não Se Olham as Balas· Expedição Arqueológica· Paquera à moda antiga/Em fotos pequeninas, o Chapolin aparece de corpo inteiro· Ladrão que rouba ladrão está traindo o sindicato · Dom Chapolin de La Mancha· A Casa Dada Não se Contam os Fantasmas· Silêncio no Estúdio/Goteiras· Um abrigo para o Doutor Chapatin/A corneta paralisadora· O Relógio Perdido/Ratos Vemos, Intenções Não Sabemos· Uma Conferência Sobre o Chapolin· Por favor, é aqui que vive o morto?· O Retorno da Corneta Paralisadora· Presídio de Segurança Mínima· Festival de Fantasia - Partes 1 e 2· Não Confunda a Casa Está Caindo de Velha, Com a Velha Está Caindo a Casa· Não Se Enrugue Couro Velho Que Te Quero Pra Tambor· O Anel da Bruxa· De Chapolin, Poeta e Louco Todos Nós Temos um Pouco· O Bebê Jupiteriano· A Bola de Cristal· O bar que fecha só depois do último cliente/Não me amole, mosquito!· A Guerra de Secessão/O Mão Negra· A Tragédia/O Verniz Invisibilizador· O Soldado Atrapalhado/Depois de Jogarem o Chapolin, Tapem o Poço· Uma Coisa é Ser Sansão, Outra é Usar Peruca· Ainda que a Cela seja de Ouro, não deixa de ser Chato ficar Preso · Uma Pedra No Caminho/O Extraterrestre· Doutor Chapatin no banco/O Gorila sai da jaula·